Seguro Desemprego Formulário de Requerimento

Formulário de Requerimento Seguro Desemprego

O Seguro Desemprego é um auxilio dado aos trabalhadores brasileiros que foram demitidos recentemente, sendo hoje em dia um dos mais importantes benefícios distribuídos pelo Governo Federal.

Antes de solicitar seu Seguro Desemprego é importante que você aprenda algumas coisas sobre ele, pois assim já saberá como ele funciona e poderá evitar problemas maiores.

seguro-desemprego-requerimento

O Seguro Desemprego é pago em formas de parcelas, que costumam ser de três ou cinco e são distribuídas de forma continuas ou alternadas, e dependem diretamente da quantidade do tempo que você trabalhou naquela empresa.

Aqueles que tem direito do Seguro Desemprego são os trabalhadores formais e domésticos que foram dispensados sem justa causa, os profissionais que estão suspensos por causa de alguma participação de um curso ou algum programa de qualificação profissional do próprio empregador.

Além disso os pescadores profissionais também recebem o Seguro Desemprego nos perídios de defeso e ainda é dado para os trabalhadores que foram resgatados de condições similares a escravidão.

Valor e pagamento das parcelas do Seguro Desemprego

Muitos acham que os cálculos são coisas difíceis demais e por esse motivo acabam não fazendo, mas saiba que calcular o valor de seu Seguro Desemprego é muito simples e pode te ajudar muito.

Afinal tendo uma ideia do que você vai receber como Seguro Desemprego pode te ajudar a se programar enquanto não consegue outro emprego, tornando assim o calculo do Seguro Desemprego algo indispensável para os que buscam uma organização financeira.

Para realizar o calculo do valor das parcelas do Seguro Desemprego você vai precisar calcular a média dos seus últimos três salários, e se você for um pescador artesanal, empregado doméstico ou um trabalhador que foi resgatado você vai receber como Seguro Desemprego um salário mínimo.

Compreenda que o Seguro Desemprego é um benefício pessoal, isso significa que apenas você poderá recebe-lo e mais ninguém, salvo raras ocasiões que são mortes do beneficiário, alguma grave moléstia ou moléstia contagiosa, ou até mesmo as que impedem sua locomoção.

Essas exceções ainda incluem o trabalhador que está preso – neste caso ele receberá as parcelas em forma de procuração – e aqueles que não se apresentaram, nesta ocasião o juiz irá determinar quem pode receber em seu lugar.

seguro-desemprego-formulario

Como fazer requerimento do Seguro Desemprego

Se você deseja solicitar o Seguro Desemprego deverá ir até um posto do Ministério do Trabalho em sua cidade, ou na SRTE ( Superintendência Regional do Trabalho e Emprego ) ou no SINE (Sistema Nacional de Emprego), sendo também possível a solicitação dentro de uma agência credencial da Caixa.

Lembrando que essa visitar poderá ser agendada através da Internet em um posto de Poupa tempo ou no sistema online da SAA, que é um sistema próprio para agendamento. Ali você vai preencher com suas informações pessoais e outras que serão necessárias para agendar no local próprio de sua região.

Quando você efetuar por completo seu agendamento você vai ser informado o loca, dia e hora para seu atendimento e também lhe será avisado com quais documentos você deverá levar no dia.

Caso já deseja se adiantar saiba que os documentos necessários para o Seguro Desemprego são uma documentação oficial com foto, o CPF, a sua Carteira de Trabalho, o Requerimento do Seguro Desemprego impresso – você vai conseguir no final de seu agendamento -, documentos do FGTS – é comum receber eles quando você é demitido – e o Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho.

Leia Mais

Seguro Desemprego para Jovem Aprendiz

Jovem Aprendiz Recebe Seguro Desemprego?

Se você sonha em ser um Jovem Aprendiz precisa saber de algumas coisas, primeiro você nunca deve ter trabalhado de carteira assinada, o programa jovem aprendiz foi criado para beneficiar o jovem estudante que não possui nenhum histórico de trabalho e busca ingressar no mercado de trabalho de forma que continue estudando e consiga a experiência necessária. Em alguns casos podendo até garantir um curso profissionalizante que a própria empresa oferece.

seguro-desemprego-jovem-aprendiz

Quando uma empresa contratada um Jovem Aprendiz ela tem que cumprir com os salários, benefícios e direitos deles, tais como um vale-transporte, vale-alimentação ou vale-refeição, assistência médica, férias remuneradas e todos os demais benefícios dados a seus trabalhadores. Então isso significa que os Jovens Aprendizes estão sim assegurados com todos os benefícios dispostos a um trabalhador formal, inclusive o Jovem Aprendiz possui o benefício do seguro desemprego.

Para um Jovem Aprendiz ter acesso ao Seguro Desemprego é necessário não ter sido demitido por uma causa justa, você também não pode possuir nenhuma outra renda além do benefício de Seguro Desemprego, como é a sua primeira vez fazendo a solicitação do seguro desemprego é obrigatório que você tenha trabalhado por doze meses nos últimos dezoito meses trabalhados.

Como vimos um Jovem Aprendiz possui direito ao benefício do Seguro Desemprego, mas isso não significa que você deve relaxar e encarar esse tempo como beneficiário de Seguro Desemprego como umas férias de suas obrigações, você deve procurar um novo contrato como trabalhador efetivo para o quanto antes.

Caso você não esteja em condições para voltar ao mercado de trabalho, você ainda pode optar por realizar cursos através da internet ou presenciais, alguns cursos online gratuitos podem ser feitos em poucos dias o que melhora ainda mais a sua qualificação.

Compreenda também que toda a lei e regras para o benefício do Seguro Desemprego valem para o Jovem Aprendiz, isso quer dizer que você deverá solicitar o seu benefício da mesma forma que um trabalhador normal e estará sujeito às mesmas parcelas que eles.

Para que o Jovem Aprendiz receba o Seguro Desemprego é importante que ele tenha uma conta corrente na Caixa Econômica Federal ou uma conta Poupança, pois o benefício somente poderá ser recebido através de uma conta da Caixa, e vale também informar que você vai precisar possuir um Cartão Cidadão.

jovem-aprendiz-seguro-desemprego

Parcelas Seguro Desemprego 2018

O seguro desemprego do jovem aprendiz será pago de 3 a 5 parcelas, elas poderiam ser sucessivas ou alternadas, tudo vai depender da sua situação.

Saiba que até mesmo o Jovem Aprendiz pode agendar seu Seguro Desemprego pela internet, para isso basta acessar o site do Ministério do Trabalho e agendar o seu benefício.

Quando for fazer seu agendamento para o Seguro Desemprego como Jovem Aprendiz você vai informar o Estado e o Município que deseja realizar seu atendimento para o benefício, no momento seguinte escolha a unidade que mais te favorece e então marque o tipo de agendamento que precisa, nesta situação o agendamento que você irá solicitar é do seguro desemprego.

Com essas informações já dadas você agora terá uma nova página será aperto os campos que deverão ser preenchidos com suas informações pessoais, como o número de seu CPF, o seu telefone e a data de seu nascimento. E como última etapa você deve informar o dia e a hora que deseja para fazer seu atendimento, guardando as informações necessárias.

Uma boa dica é que para o Jovem Aprendiz é fazer seu agendamento ao Seguro Desemprego na parte da noite, pois assim o site não vai estar tão carregado e você poderá escolher melhor o dia.

Leia Mais

Seguro Desemprego 2018 Reclamações

Reclamações Seguro Desemprego

Como e a onde podem ser feitas as Reclamações sobre o Seguro Desemprego 2018?

Como muitos sabem o Seguro Desemprego 2018 é um serviço governamental que protege e ajuda o trabalhador que ficou desempregado recentemente, servindo muitas vezes como única forma de renda para o beneficiário e sua família.

seguro-desemprego-reclamacoes

Infelizmente esse recurso pode acabar não sendo tão produtivo quanto o esperado, uma má gestão pública é o principal fator dessas reclamações sobre o Seguro Desemprego.

Fazer Reclamação Seguro Desemprego

Para evitar esse tipo de dor de cabeça mantenha-se sempre atualizado com as regras e normas, o não cumprimento das regras do Seguro Desemprego poderá gerar até mesmo o cancelamento do beneficio, o que vai te prejudicar muito depois.

Então antes de solicitá-lo saiba quem tem direito, como fazer o agendamento do seguro desemprego 2018, os valores pagos, como são pagos e por quanto tempo e também saiba calcular seu seguro desemprego. Essas informações são simples e fácies de entender, você não é obrigado a gravar elas ou qualquer coisa assim, uma rápida olhada nos sites de informação pode te ajudar a compreender tudo. O importante é que você tenha uma noção desses regulamentos para não acabar prejudicado no momento que fizer a solicitação do seguro desemprego.

Você também deve ficar atento também aos telefones disponíveis e os horários que são disponibilizados para contato. Também tome cuidado para que a resposta de e-mail não caia na caixa de spam.

A principal reclamação do Seguro Desemprego 2018 é sobre o agendamento para se fazer a liberação do seguro desemprego 2018, por ele não poder ser feito através da internet como os demais serviços oferecidos hoje em dia.

Outro grande motivo para as reclamações do Seguro Desemprego 2018 é a demora no processo e no funcionamento do sistema, isso ocorre graças a grande demanda de desempregados que precisam do beneficio para manterem suas famílias e para procurarem mais empregos.

telefone-ministerio-do-trabalho-seguro-desemprego-0800

Essa grande quantidade de desempregados acaba fazendo os serviços distribuírem os números para atendimentos apenas em uma parte do dia, ou então em duas parte do dia, mas são poucos números que costumam ser distribuídos em ambos os casos.

Também pode haver problemas na hora da Consulta do Seguro Desemprego ou até no acompanhamento do serviço online.

Muitas pessoas também informam que as datas para o recebimento do beneficio não está disponíveis para elas, como também os valores da parcelas ou até mesmo apresentam demoras para que o beneficio caia na conta.

Mesmo sendo chato, essa grande demanda de desempregados e a atual situação de nosso país pode acabar prejudicando ainda mais esse sistema já frágil e bagunçado, mesmo com os inúmeros pedidos para agilização e para criação de atendimento online ainda não sabemos quando tudo irá melhorar.

Telefone Seguro Desemprego Ministério do Trabalho

0800 726 0207

A única dica que podemos dar nesses momentos é pedir que vocês mantenham os números para contato da Caixa Econômica Federal por perto, ou em fácil local de acesso, para que você possa tirar suas duvidas e fazer suas reclamações sobre o seguro desemprego 2018.Ficando atentos ao horários de atendimento e tenha em mãos seus documentos quando for ligar, ou vá em uma agência na Caixa e pergunte como pode resolver o problema.

Leia Mais

Seguro Desemprego 2018 Quem Tem Direito

Quem Tem Direito Seguro Desemprego 2018

O desemprego tem sido uma realidade muito triste e atual no Brasil e muita gente fica perturbada com a situação e não sabe ao menos dos seus direitos. Conheça mais sobre alguns de seus direitos como o seguro desemprego e quem tem direito.

O seguro desemprego 2018 é um benefício temporário dado ao trabalhador pelo Governo para aqueles que ficaram desempregados. É um benefício de assistência e seus dependentes durante certo período de tempo. Você garante o benefício com os recursos do recolhimento do PIS ou do PASEP.

seguro-desemprego-quem-tem-direito

Em 2017, como consequência da crise econômica que passamos, o governo começou cortando agravar mais a situação. Como consequência aconteceram mudanças trabalhistas no que diz respeito aos direitos dos trabalhadores, como o seguro desemprego. A principal regra para se tiver direito ao seguro desemprego é que esteja desempregado, mas, somente o trabalhador que foi dispensado e sem justa causa.

Quem Recebe o Seguro Desemprego 2018

O trabalhador que foi despedido sem justa causa pode ter direito ao seguro desemprego em 3 e 5 parcelas que vai depender do tempo de serviço que tinha na empresa com carteira assinada. Quanto às novas regras, o trabalhador que solicitar o benefício pela primeira vez terá que ter pelo menos um ano de carteira assinada consecutivamente antes da demissão; caso seja a segunda vez que tenha solicitado o benefício, será necessário que tenha pelo menos 9 meses consecutivos de carteira assinada no último emprego para poder solicitar o seguro desemprego. Já na terceira solicitação somente será necessário ter pelo menos seis meses de carteira assinada na última empresa.

Estas mudanças de regra no seguro desemprego aconteceram para evitar fraudes e desperdício de recursos públicos para pessoas que não tem direito ao benefício. Também a mudança veio para reduzir os custos da seguridade.

Outras regras para o seguro desemprego e quem tem direito são: além de ter sido demitido sem justa causa; não estar recebendo outro benefício trabalhista; não tenha participação em sociedade de empresas; estar no mínimo há menos dezesseis meses sem solicitar o seguro. Já os trabalhadores rurais precisam ter trabalhado no mínimo 15 meses nos últimos 24 meses.

No caso dos trabalhadores rurais, especificamente os pescadores artesanais, podem solicitar o seguro desemprego na época de defeso (de reprodução dos peixes e também chamado de seguro defeso). Também podem solicitar o seguro desemprego o trabalhador formal que esteja com seu contrato de trabalho suspenso para participar de curso de capacitação oferecido pelo empregador.

Regras Seguro Desemprego 2018

quem-tem-direito-seguro-desemprego

Solicitar Seguro Desemprego 2018

Embora pouco se saiba, para pedir este benefício do seguro desemprego tem um prazo para a solicitação do Seguro Desemprego 2018. Para o trabalhador formal o prazo é de 7 a 120 dias após a assinatura do contrato; empregado doméstico, o prazo de solicitação é de 7 a 90 dias após a assinatura da demissão; para os pescadores, até 120 dias após o aviso de proibição de pesca; e para o trabalhador que foi encaminhado para curso de qualificação, pode solicitar a qualquer momento durante o período de suspensão do trabalho.

Para solicitar o seguro desemprego, este pode ser realizado online através de um agendamento do seguro desemprego que após o preenchimento de algumas informações pessoais e no processo de agendamento será ofertado às datas, locais e hora para o trabalhador comparecer e formalizar o pedido.

Por isso, se esta desempregado, se enquadra nas condições informadas, não hesite na busca de seus direitos.

Leia Mais

Seguro Desemprego 2018 Agendamento

Fazer Agendamento Seguro Desemprego 2018

O seguro desemprego 2018 é um direito do trabalhador previsto na constituição federal. É uma ajuda financeira temporária (salários mensais dependendo dos últimos salários recebidos pelo cidadão) para o trabalhador formal que possui registro na CTPS (Carteira de trabalho e previdência social) que foi demitido sem justa causa. Além de dar ajuda financeira, o seguro desemprego possui a função de ajudar o trabalhador desempregado na procura de emprego, promovendo ações de orientação e melhoria profissional.

agendamento-seguro-desemprego

O Seguro Desemprego no Mundo

O seguro desemprego é utilizado em diversos países como Portugal, Suíça, Holanda, Alemanha e França. O país que mais oferece condições para o trabalhador desempregado no mundo é Luxemburgo que, em media oferece 84,2% dos salários anteriores, com duração de um ano. Além disso, para ter acesso ao seguro-desemprego, o trabalhador necessita ter trabalhado por apenas 16 horas por semana nas últimas 26 semanas.

O país que menos auxilia o seu trabalhador em relação a este benefício é os Estados Unidos que oferecem ao desempregado em média 40% à 50% do salário recebido por até 26 semanas.

Seguro Desemprego no Brasil

No Brasil, o beneficio foi implantado em 1986, pelo então presidente na época José Sarney. O Seguro-Desemprego possui previsão constitucional e também possui respaldo na Convenção da OIT (Organização Internacional do Trabalho).É Disponibilizado pela Caixa Econômica Federal e integra um dos vários benefícios da Previdência Social.

Fraudes Seguro Desemprego 2018

Apesar de ser uma ajuda muito benéfica para os desempregados de todo o país (o Brasil, de acordo com uma pesquisa do terceiro trimestre de 2016, possui cerca de 23 milhões de desempregados ou subutilizados),

o seguro-desemprego é vítima de constantes violações e fraudes originadas principalmente por simulações de demissões sem justa causa. E como consequência, o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) é constantemente vitimizado e prejudicado por graves desfalques.

Agendamento Seguro Desemprego 2018

Nos últimos anos, com a modernização do sistema dos programas federais, o agendamento do seguro-desemprego gerou maior facilidade e agilidade ao trabalhador que deseja ter acesso aos benefícios apresentados. Desde 2015, o agendamento do seguro-desemprego é feito através da internet no portal do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego). O agendamento é realizado através deste site: http://saaweb.mte.gov.br/inter/saa/pages/agendamento/main.seam

Primeiramente, é necessário procurar e clicar sobre o Estado e posteriormente a cidade desejada para o agendamento.

seguro-desemprego-agendamento

Após isso, é preciso informar novamente o Estado e a cidade. Em seguida, escolher a unidade de atendimento, clicar em tipo de atendimento e depois marcar a opção seguro desemprego.

Feito esse procedimento, faz se necessário informar o CPF, data de nascimento, telefone de contato e número do PIS.

Feito esse procedimento, será informado o dia e o horário que o trabalhador deverá ir à unidade do MTE da cidade escolhida para ter acesso ao seguro-desemprego.

É possível também, em casos de eventuais problemas em comparecer ao dia e horário marcados, remarcar esses itens. Basta selecionar “Reagendar” no lado esquerdo da tela. Saiba mais acessando www.segurodesemprego.com.br

Leia Mais

Consulta do Seguro Desemprego 2018 Liberado

Seguro Desemprego 2018 Liberado – Consulta

O Seguro Desemprego é um dos mais importantes benefícios dados aos trabalhadores brasileiros, pois com ele o empregado despedido poderá ter uma renda que vai auxiliar ele e sua família enquanto busca um novo emprego.

consulta-seguro-desemprego

O seguro desemprego 2018 é pago de três a cinco parcelas de forma contínua ou alterada, de acordo com seu tempo de trabalho. Algumas das principais regras desse beneficio é ter sido afastado sem justa causa e não possuir outra fonte de renda.

Ele é pago de três a cinco parcelas de forma contínua ou alterada, de acordo com seu tempo de trabalho. Algumas das principais regras desse beneficio é que você não pode ter saído sem justa causa – em outras palavras, se você foi pego roubando da loja ou agindo de forma indevida com os demais funcionários, você perde o direito de ter o seguro desemprego-, e você não pode ter outra renda. Então se você saiu do seu emprego normal, mas na semana seguinte, ou dia seguinte, já está empregado, você não tem o direito de receber o seguro desemprego 2018.

E a todos aqueles que querem consultar seu Seguro Desemprego 2018 para saber seu saldo, o número de parcelas que já recebeu ou alguma outra coisa assim.

Usando o Cartão do Cidadão para consulta do seguro desemprego 2018

Se você quiser verificar, ou apenas acompanhar, o andamento de seu benefício saiba que você pode usar o seu Cartão Cidadão. Para isso basta você ir em uma agência da Caixa ou em uma lotérica e solicitar a consulta ao seguro desemprego 2018 liberado.

Não se esquecendo de usar a sua senha, a mesma que cadastrou no cartão, seguindo esses passos você vai conseguir sacar, ou conferir, o seu seguro desemprego com segurança.

Se você é uma pessoa que esquece muito as coisas, se preocupe em deixar anotado em sua agenda ou celular a senha, pois se você acabar errando mais de três vezes seu cartão será bloqueado.

Já possuo conta na Caixa

seguro-desemprego-liberado-consulta

Se você já tiver uma conta na Poupança ou conta Caixa Fácil forma você poderá ficar mais tranquilo e vai facilitar ainda mais sua consulta ao seguro desemprego, pois você poderá acessá-lo através de sua conta na Caixa via internet ou em alguma agência Lotérica, como também em um caixa eletrônico e, obviamente, nas agências Caixa.

Não se esqueça que para você que é necessário que o seu  nome e o CPF registrados no Seguro Desemprego devem ser iguais ao nome e CPF registrados na da conta da Caixa.

Seguro Desemprego 2018 Consulta

Fazendo a Consulta do Seguro Desemprego pela Internet

Não tem muito mistério neste aqui também, basta você acessar o Portal do Cidadão Caixa, com seu número do NIS e/ou PIS/PASEP e a sua senha. Após colocar esses dois dados, clique em “ok” e siga enfrente.

Quando o site abrir procure a aba a onde está escrito Seguro Desemprego e clicando em seguida em Consulte o seu beneficio. Quando já estiver dentro, você vai conseguir vê todas as suas informações anteriores, tanto as parcelas que já foram efetuadas como também as parcelas restantes.

Não tenho senha cadastrada, como faço?

Se é a sua primeira vez consultando não se preocupe, cadastrar sua senha é algo simples também e sem demora.

seguro-desemprego-consulta-1

Primeiro você deve colocar o seu número do NIS no local solicitado e clicar em cadastrar senha no campo inferior. Em seguida vai aparecer o Contratado de Prestação de Serviços ao Cidadão, leia-o com atenção e somente então clique em aceitar.Na terceira e última etapa você deve eleger uma senha de seis a oito caracteres (sejam eles números e/ou letras), também deve preencher com a senha do seu Cartão Cidadão. Ao terminar de preencher tudo, você deve clicar em continuar, finalizando assim o processo de cadastramento da senha.

Simples assim, com todo esse processo feito você pode acessar o portal da Caixa e consultar o Seguro Desemprego, lembrando que não é apenas para este beneficio que o site da caixa serve, lá você também pode consultar o saldo do PIS 2018 e o extrato do FGTS.

 

Leia Mais